DICA ||| 5 dicas para não pirar sendo mãe de dois (ou mais)

 

Um dos maiores motivos que me levou a criar esse blog é o fato de que eu procurei por coisas na internet e não encontrei, então fica sempre aquela sensação de: eu posso escrever sobre isso e, quem sabe com sorte, ajudar alguém.

Antes de resolver engravidar pela segunda vez, me perguntei: “A maternidade já é hoje a minha maior ocupação na vida. Meu filho é o centro do meu universo e, diversas vezes por dia, eu perco a calma, perco a paciência, perco a razão..  Como fazer pra caber mais um elemento nessa equação sem pirar mais ainda? Será possível?” hahahah..

Então hoje, sendo mãe de dois, voltei aqui pra escrever pra minha “eu” do passado, e pra quem mais precisar ler, que SIM, é POSSÍVEL! hahahaha! E, pra ajudar, resolvi numerar 5 dicas pra não pirar sendo mãe de dois! Bora lá?!

1.Irmão mais velho é responsável e tem que ajudar

Não é porque ele é pequeno que o mais velho não precisa ajudar! É incrível o quanto a (aparentemente pequena) ajuda que eles podem oferecer é REALMENTE útil! Seja levar as fraldas sujas pro lixo, guardar os brinquedos do chão ou levar as roupas sujas pro cesto: qualquer tarefa que possa ser riscada da lista no fim do dia vai te devolver um tiquinho a mais de sanidade antes de finalmente poder dormir… ;D

2. Irmão mais novo não é (pra) sempre prioridade

Eu sei, por algum tempo vai ser. É inevitável. Mas assim que o caçula deixar de ser “de vidro”, é muito importante MESMO que os dois sejam atendidos com a mesma atenção\urgência. Isso evita um número ABSURDO de crises de ciúme, briguinhas e intolerância do mais velho com o mais novo, ou seja: facilita a tua vida e a de todo mundo! HAHAHAH..

3. Em caso de briga entre os dois, finja que nem viu

Eu não tô falando de cabelo arrancado, chutes e pontapés.. Me refiro a coisas bobinhas como “O fulano babou no meu brinquedo” ou “Chega de galinha pintadinha, agora eu vou assistir Batman”. Tanto um como outro merecem aprender a se virar, resolver o problema ou aceitar que nem sempre as coisas são como eles gostariam, e isso se chama: viver em sociedade.. HAHAHA.. Aguenta, ri escondido se precisar, mas não interfere a menos que a integridade física de um dos dois esteja correndo risco! ;P

4. Tudo é comum

Aqui em casa há uma lei, que é: TUDO É DOS DOIS, TUDO É DIVIDIDO. Isso evita MUITAS brigas, mas tipo muitas MESMO. Lógico que alguns brinquedos não são adequados para a faixa de idade do caçula às vezes, mas nesses casos, eu regulo a brincadeira inclusive para o mais velho.. EX: Video games mais caros, como Nintendo DS ou PS Vita, só sob supervisão, e, por mais que a pequena não possa jogar, ela pode olhar e colocar o dedinho pra conhecer.. Essa dica evita tanto que briguem por um não deixar que o outro brinque, como também ajuda a conservar o estado dos brinquedos heheheh..

5. Um momentinho pra si no dia é OBRIGATÓRIO  

Pode ser um café bem cedo, antes de todos acordarem.. Pode ser a madrugada na frente da TV assistindo Netflix (essa é oficialmente a minha pausa há cinco anos heheheh), toda mãe PRECISA ter um tempinho na caixa do vazio.. Caso contrário, vai pirar mesmo e explodir por qualquer coisa. E ninguém quer isso, certo? Então é melhor  uma certa “ausência” de mãe de vez em quando que mãe presente mas pirada, né? hehehe..


Enfim, muita coisa parece brincadeira, principalmente pra quem ainda não é mãe.. Mas eu garanto, mães irão concordar comigo em mais de um item, senão em todos.. hehehe..

Espero que vcs tenham gostado e que as dicas sejam úteis!

Nos falamos em breve!

Beijão!

Dé.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s